quinta-feira, 15 de abril de 2010

Não resisto a E. E. Cummings


Doçura, achei lindo o poema que colocaste do E. E. Cummings. Não resisti a traduzi-lo! Vê se concordas... É um lindo poema em que a palavra que nos abre ao mundo é tão simples afinal... um singelo SIM ao AMOR... divinal

love is a place
& through this place of
love move
(with brightness of peace)
all places


yes is a world
& in this world of
yes live
(skilfully curled)
all worlds


o amor é um lugar
E através deste local de
Amor movem-se
(Com o brilho da paz)
todos os lugares

O sim é um mundo
E neste mundo de
sim vivem
(Habilmente enrolado)
todos os mundos

1 comentário:

Leitores SOS Murça disse...

A tua tradução foi como uma auto-estrada para os meus sentidos...Adorei a tua experiência. Faria poucas alterações. Ora vê:

Amor é um lugar
& através deste lugar de
Amor movem-se
(com brilho de paz)
todos os lugares

Sim é um mundo
& neste mundo
do sim vivem
(habilmente enrolados)
todos os mundos