sábado, 24 de outubro de 2009

Pina Bausch - a Srª do Bairro M. Tavares

Como é bela a dança coreografada e dançada por esta senhora, moradora do bairro de Gonçalo M. Tavares. Não podendo ser sua vizinha, sou sua espectadora...é admirável o modo como saem histórias dos movimentos dos bailarinos. Movimentos que se alimentaram de palavras. Palavras ditas, palavras escritas, palavras em rodopio, dançadas. Assim vale a pena ler histórias. A dança contemporânea aparece com Pina Baush a explicar a essência do ser humano. Histórias cheias de crueldade, de dor, de sofrimento, de desencontro e de absurdo. Bem ao gosto do Gonçalo M. Tavares. Bem ao meu gosto também. De todos os excertos que vi, parece-me que em todos é urgente encontrar uma saída nas encenações da sua dança. Acho-a fantástica. Deixo o endereço de uma coreografia imponente http://www.youtube.com/watch?v=KXVuVQuMvgA (no entanto vale a pena vê-la a ela a dançar, franzina, esguia e comovente na expressão de todos os seus gestos, mesmo dos que parecem mais banais...)

Vamos tomar um café com Pina...
video

1 comentário:

Anabela disse...

Doce Pat

Adorei as maos da Pina... que maos lindas e voluptuosas... como se fizessem amor... como se estivessem constantemente a amar-se... afinal...como deveria ser o nosso mundo... repleto de amor!
Que maos lindas...

Beijos, tambem tu LINDA, toda tu ´´es LINDA
Anabela